quarta-feira, 18 de julho de 2012

BOM DIA


O AZEDINHO DOCES Ñ ESTÁ PODENDO POSTAR TODOS OS DIAS POIS A INTERNET ESTÁ UM POUCO RUIM ...MAS VEJAMOS AS POSTAGENS DE HOJE .

Mas continue de olho no AZEDINHO DOCE!

















Um toque de arte no cafe

Um toque de arte no cafezinho

Pensamento do dia

Se uma pessoa gosta de ficar triste, então quando ela tá triste, ela tá feliz?

O clone

Pentiado maneiro de hoje

NOVA SERIE: Animais fofinhos d+ (gordinhos)

Esse Ai tá de ferias!

Sorriso do dia

veja o video no site abaixo:

http://www.koreus.com/animation/chat_rire.html

Na Espreita

Ilusão de otica

DISTORÇÃO VISUAL!

Pintura em 3D

Saltos animais

MONA LISA DE UM JEITO MUITO + LEGAL

Alguns caes mais cultos q vc!


Ler bastante! Bom, chega uma hora que cansa, né…

Link do dia

Gatinho fofo
Gatinho fofo

Incrivel de hoje vai para:

O Coliseu feito de lego!


Mais de 200 mil peças de lego foram usadas pra fazer essa belezinha aí. Faço melhor no minecraft, mas isso não vem ao caso.












Alguns hábitos nunca mudam

Nestas ferias o AZEDINHO DOCE vai dar dicas de viagens e lugares legais para ir !O de hoje é:

Vale da Lua é um dos pontos mais visitados na Chapada dos Veadeiros, no município de Alto Paraíso de Goiás (GO).
É um conjunto de formações rochosas cavadas nas pedras pelas corredeiras de águas transparentes do rio São Miguel. Está fora do Parque Nacional, na Serra da Boa Vista, num vale que se torna muito perigoso na época da chuva devido às repentinas trombas d'água. O nome Vale da Lua vem da aparência que lembraria uma paisagem lunar, com pequenas crateras escavadas pelo atrito da areia levada pela água com as rochas, nas curvas onde as corredeiras são mais fortes, dando origem a pequenos rodamoinhos e funis. Está localizado a 11 km de São Jorge pela rodovia GO-239, entrando-se por uma estrada de terra do lado oposto ao Parque Nacional. Paga-se um pequena taxa na entrada mas não são necessários guias.
Veja algumas fotos desse lugar fantastico que é O VALE DA LUA:
 

OVale da Lua é realmente um daqueles lugares que faz a gente sentir em outro mundo, ou num filme de ficção científica. Isso graças às crateras que foram esculpidas ao longo de milhares de anos pela erosão.